TwitterFacebook

Chamada de Comunicações

Decorre até 30 de novembro o período de entrega de resumos de  comunicações, que deverão ser enviados para congressolmc@gmail.com

Todos os detalhes em "Comunicações Livres".

3.º Congresso Literacia, Media e Cidadania

"A «educação para os media» visa as competências, os conhecimentos e a compreensão que permitem aos consumidores utilizarem os meios de comunicação social de forma eficaz e segura."

Directiva SCSA de 10/03/2010

3.º Congresso Literacia, Media e Cidadania

"A educação para os meios de comunicação constitui um elemento crucial da política de informação dos consumidores (…) da participação democrática activa dos cidadãos e do incremento do diálogo intercultural"

Resolução do PE de 16/12/08

3.º Congresso Literacia, Media e Cidadania

“[...] a literacia mediática é uma questão de inclusão e de cidadania na sociedade da informação de hoje [...] evitando ou diminuindo os riscos de exclusão da vida comunitária”

Recomendação da CE 20/08/09

Pavilhão do Conhecimento

Parque das Nações, Lisboa

17 e 18 de Abril 2015
Programa .::. Workshops

 

Atenção: As inscrições nos Workshops 1 e 2 encontram-se fechadas. Últimas vagas disponíveis para os Workshops 3 e 4 (6 vagas para cada). As listas dos inscritos serão posteriormente divulgadas no site do Congresso.

A inscrição pode ser feita através do link:

http://goo.gl/forms/jxrmizWncI

Lista de inscrições

Programa dos workshops (PDF)

Lista de Inscrições

Resumo e dinamização dos workshops a realizar em simultâneo com as sessões de comunicações livres.

6ª feira, dia 17 de abril de 2015

11.30h-13.00h

Workshop 1

Título: Educar para as literacias

Resumo: Vivemos uma nova Era da informação e da comunicação em que é cada vez mais indispensável capacitar os jovens com um conjunto de saberes transversais para o bom uso da informação, a construção do conhecimento e o desenvolvimento da cidadania. A publicação pela Rede de Bibliotecas Escolares do referencial Aprender com a biblioteca escolar, em experimentação num conjunto alargado de escolas, integra-se neste processo de mudança e de resposta às novas exigências da sociedade, dotando as bibliotecas escolares de um conjunto de padrões de aprendizagem, orientações e exemplos definidores da sua ação curricular e formativa no campo das literacias,  designadamente da informação e dos media. Com o presente workshop pretende-se trabalhar, a partir do Aprender com a biblioteca escolar,  uma competência fundamental para a literacia dos media e a cidadania - o pensamento crítico - através de exercícios práticos de planeamento e de atividades de aplicação.

Dinamização: Elsa Conde, Isabel Mendinhos, Paula Correia, Rede de Bibliotecas Escolares

Elsa Conde  integrou, em 1997, a equipa do Programa Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), no âmbito do qual continua a exercer funções como Coordenadora Interconcelhia. Licenciada em História, mestre em Comunicação Educacional Multimédia e com uma especialização em Ciências Documentais, tem desenvolvido atividade como formadora na área das bibliotecas e participado, em representação da RBE, em diversos eventos a nível nacional e internacional. É uma das co-autoras do Modelo de avaliação da biblioteca escolar e do referencial Aprender com a biblioteca escolar.

Isabel Mendinhos é membro do grupo de Coordenadores Interconcelhios da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) e da equipa do Gabinete RBE. Com licenciatura em Filologia Germânica e mestrado em Gestão da Informação e Bibliotecas Escolares, tem colaborado na formação de professores bibliotecários e participado, como oradora, em vários seminários e encontros. É co-autora do Aprender com a biblioteca escolar.

 

Paula Maria Osório de Araújo Correia é Coordenadora Interconcelhia da Rede de Bibliotecas Escolares e outra das co-autoras do Aprender com a biblioteca escolar, documento de referência sobre a promoção das literacias da leitura, da informação e dos media em contexto escolar. Licenciada em Filosofia, Paula Correia tem um mestrado em Ciências da Informação e uma pós graduação em Ciências Documentais. É formadora na área das bibliotecas escolares.

 

16.15h-17.45h

Workshop 2

Título: A utilização do vídeo em sala de aula: Se não podes vencê-los, junta-te a eles!

Resumo:

Neste workshop, procurar-se-á compreender o potencial da utilização do vídeo para a abordagem ao currículo, desde a utilização de recursos educativos digitais nesse formato, até à produção, pelos alunos, de pequenos segmentos. Serão apresentados recursos e ferramentas que permitam ajudar à sua utilização.

 

Dinamização:

Carla Barros Lourenço e Teresa Pombo, Direção-Geral da Educação

Carla Barros Lourenço é docente de Português no 3.º ciclo do Ensino Básico, encontrando-se a desempenhar funções técnico-pedagógicas na Direção de Serviços de Desenvolvimento Curricular, da Direção-Geral da Educação (DGE). Foi responsável pela conceção de um projeto de televisão escolar no Agrupamento de Escolas a que pertence. Tem colaborado com a iniciativa Rádios e Televisões Escolares, da DGE.

Teresa Pombo é docente de Português no 3.º ciclo do Ensino Básico, autora do blogue http://profteresa.net/aprenderportugues. Encontra-se requisitada, a tempo parcial, na Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas da Direção‑Geral da Educação, onde é responsável pelas iniciativas BloguesEDU e Jornais Escolares, tendo coordenado a preparação do Referencial de Educação para os Media.

 

 

Sábado, 18 de abril de 2015

09.00h-10.30h

Workshop 3

Título: Licenciamento de conteúdos e direitos de autor na Internet

Resumo: Os direitos de autor são direitos fundamentais dos cidadãos, encontrando-se consagrados na Constituição da República Portuguesa (art. 42.º ) e na Declaração Universal dos Direitos do Homem (art. 27.º ).  O desenvolvimento das modernas redes de informação, onde os conteúdos circulam num território indefinido, sem fronteiras, e onde ninguém em concreto tem poderes de comando nem de supervisão, se por um lado permitiu um acesso sem precedentes à produção cultural, por outro lado multiplicou as ameaças à propriedade intelectual. A forma de lidar com estas ameaças tem oscilado entre, por um lado, o reforço das medidas de proteção e endurecimento da repressão, e, por outro, iniciativas que visam repensar o direito de autor e o seu equilíbrio com os interesses de terceiros. Procuraremos debater estas e outras questões relacionadas com o direito de autor na Internet, enquadrando a discussão no contexto de educação para os media.

 

Dinamização: Carlos Pinheiro, Rede de Bibliotecas Escolares

Carlos Pinheiro  é professor bibliotecário do Agrupamento de Escolas Leal da Câmara (Sintra),  Coordenador interconcelhio da Rede de Bibliotecas Escolares e formador de professores nas áreas das tecnologias educativas e das bibliotecas escolares. Licenciado em História, participa com regularidade em conferências nacionais e internacionais, com comunicações no âmbito das novas tecnologias e do seu do impacto no sistema de ensino. É coordenador dos projetos Sintra e-Conteúdos e Nativos Digitais Leem+, e editor do blogue Ler Ebooks <http://lerebooks.wordpress.com>. Tem vários artigos publicados sobre leitura e bibliotecas escolares.

 

14.00h-15.30h

Workshop 4

Título: Rádio e cidadania activa

Resumo:

A Rádio foi por excelência o meio de transmissão de alguns dos acontecimentos mediáticos mais importantes da história. Ao mesmo tempo, é um meio intimista, inclusivo e educativo. Como tal, a rádio é um meio intrinsecamente democrático e pode ser facilmente usada pelos públicos que querem contar as suas histórias, os factos das suas comunidades e tornarem-se eles o emissor. Historicamente os ouvintes fizeram parte de programas, as rádios comunitárias serviram e servem as comunidades em que se inserem, como hoje fazem as rádios internet.

Todos estes predicados constituem pontos de partida para este workshop, no qual serão apresentados temas, problemáticas e metodologias para ativar a área da cidadania através de projetos de media colaborativos, incluindo uma reflexão sobre os fatores que afastam os jovens/alunos/participantes desses projetos, e ainda discutidas formas de sustentabilidade. A sessão focará a experiência acumulada com o Projeto RadioActive Europe, mas recorrerá a outros exemplos. O workshop pretende ainda ajudar na conceção de futuras iniciativas.

Dinamização:

Maria José Brites e Ana Jorge, projeto Radio Active 101

Maria José Brites é investigadora do Centro de Estudos Comunicação e Sociedade/Universidade do MinhoECS, onde realiza o seu pós-doutoramento (SFRH/BPD/92204/2013). Coordenadora em Portugal do projeto RadioActive Europe, é membro de duas ações Cost (Cost/FP1104 e Cost/IS1401). É autora do livro  “Jovens e culturas cívicas: Por entre formas de consumo noticioso e de participação” (http://www.livroslabcom.ubi.pt/book/128)

Ana Jorge é investigadora de pós-doutoramento na Universidade Nova de Lisboa, com bolsa da Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Doutorada pela mesma Universidade, é autora de “O Que é Que os Famosos Têm de Especial? - A cultura das celebridades e os jovens" (2014) e co-editora de "Crianças e Internet em Portugal: acessos, usos, riscos, mediações" (2012).


Datas Importantes
Sem eventos agendados para o mês de Novembro 2017