TwitterFacebook

Chamada de Comunicações

Decorre até 30 de novembro o período de entrega de resumos de  comunicações, que deverão ser enviados para congressolmc@gmail.com

Todos os detalhes em "Comunicações Livres".

3.º Congresso Literacia, Media e Cidadania

"A «educação para os media» visa as competências, os conhecimentos e a compreensão que permitem aos consumidores utilizarem os meios de comunicação social de forma eficaz e segura."

Directiva SCSA de 10/03/2010

3.º Congresso Literacia, Media e Cidadania

"A educação para os meios de comunicação constitui um elemento crucial da política de informação dos consumidores (…) da participação democrática activa dos cidadãos e do incremento do diálogo intercultural"

Resolução do PE de 16/12/08

3.º Congresso Literacia, Media e Cidadania

“[...] a literacia mediática é uma questão de inclusão e de cidadania na sociedade da informação de hoje [...] evitando ou diminuindo os riscos de exclusão da vida comunitária”

Recomendação da CE 20/08/09

Pavilhão do Conhecimento

Parque das Nações, Lisboa

17 e 18 de Abril 2015
Programa .::. Notas biográficas dos oradores

17 de abril

10.00h-11.00h - Conferência Inaugural - Literacia para os Media e Cidadania na Era Digital
David Buckingham - Professor emérito da Universidade de Loughborough, UK
Debate
António Granado - Jornalista e Professor da UNL
Manuel Pinto - Professor na Universidade do Minho - CECS

Participantes

David Buckingham é Professor Emérito da Universidade de Loughborough no Reino Unido e professor visitante do Centro de Investigação sobre a Criança, na Noruega. Coordenou mais de 25 projetos de investigação financiados sobre crianças, jovens, media e educação e foi consultor da UNESCO, da Organização das Nações Unidas, da Comissão Europeia, da Ofcom e do governo britânico. Publicou 29 livros e mais de 220 artigos e capítulos de livros. A sua obra foi traduzida em 15 idiomas. Os seus livros mais recentes são The Civic Web: Young People, the Internet and Civic Participation (2013) e Youth Cultures in the Age of Global Media (2014).

António Granado é jornalista e professor de jornalismo na Universidade Nova de Lisboa. Fez grande parte da sua carreira no jornal Público, onde foi jornalista de ciência, editor, chefe de redacção e sub-director.
Entre Setembro de 2010 e Março de 2014 trabalhou na RTP como editor multimédia. É autor do weblog Ponto Media, um espaço de reflexão sobre os media e o jornalismo, que começou em Janeiro de 2001.


Sessão plenária 1
Políticas de Educação para os Media: Estado da Arte e Desafios

João Marôco – Coordenador Nacional dos Estudos PISA, TIMSS e PIRLS
José Vítor Pedroso – Diretor-geral da Educação - MEC
Manuela Silva – Coordenadora da Rede de Bibliotecas Escolares
Sara Pereira – Professora na Universidade do Minho - CECS

Moderação
Adelino Gomes - Jornalista

 

Participantes

João Marôco, Ph. D., é vogal do Conselho Diretivo do IAVE, I. P. onde coordena os estudos internacionais de avaliação de alunos PISA, TIMSS, TIMSS Advanced, PIRLS e, ainda, ePIRLS. É professor associado do ISPA-IU onde leciona unidades curriculares de Estatística e Métodos de Investigação.
Título da intervenção: As avaliações PISA e ePIRLS e as competências digitais do séc. XXI.

José Vítor Pedroso assumiu a 28 de novembro de 2014 o cargo de Diretor‑Geral da Educação, Ministério da Educação e da Ciência, tendo sido, anteriormente, Diretor de Serviços de Projetos Educativos na mesma Direção-Geral. Foi Diretor da European Schoolnet, a rede europeia dos Ministérios da Educação.
Título da intervenção: Referencial de educação para os media: um instrumento de cidadania ativa

Manuela Pargana da Silva é coordenadora da Rede de Bibliotecas Escolares. Possui o curso de Ciências Documentais e frequentou o Mestrado em Educação e Leitura (IE-UL). Integra o Gabinete da  Rede de  Bibliotecas Escolares desde 1998, onde tem sido responsável pelo alargamento e requalificação da Rede.
Título da intervenção: Educar para os media com a biblioteca escolar.

Sara Pereira é professora associada na Universidade do Minho, na área das ciências da comunicação, lecionando disciplinas no âmbito da educação para os media e dos estudos da receção. É atualmente Diretora do Departamento de Ciências da Comunicação e do Mestrado em Comunicação, Cidadania e Educação.
Título da intervenção: Estudo piloto de literacia mediática


18 de abril

Mesa redonda
Literacia mediática e leituras críticas do mundo

Moderação

Pedro Jorge Braumann é Diretor do Secretariado Técnico do Conselho Geral independente da RTP e Professor Adjunto da Escola Superior de Comunicação Social do Instituto Politécnico de Lisboa.
Tesoureiro e Membro da Direcção da NP – Notícias de Portugal, Vogal e Tesoureiro da Direção da Confederação Portuguesa dos Meios de Comunicação Social e Vice-Presidente da Assembleia-geral do OBERCOM.
Presidente do GT de Economia e Políticas da Comunicação, Tesoureiro e Membro da Direcção da SOPCOM - Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação e Diretor Administrativo da Direção da CONFIBERCOM - Confederação Ibero-americana de Associações Científicas e Académicas de Comunicação.

Participantes

Teresa Calçada é especialista em leitura e bibliotecas. Como Vice-Presidente do Instituto da Biblioteca Nacional e do Livro, de 1992 a 1996, foi uma das responsáveis pelo lançamento da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas. Coordenou o Programa Rede de Bibliotecas Escolares, desde o início, em 1996, até 2013 e foi Comissária Adjunta do Plano Nacional de Leitura. É Licenciada em Filosofia pela Universidade Clássica de Lisboa.

MARIA EMILIA BREDERODE SANTOS é membro do Conselho de Opinião da RTP, do Conselho Geral do Instituto Politécnico de Setúbal e do Conselho de Literacia Financeira.

Integra o Grupo Informal sobre Literacia Mediática e o Grupo Inquietações Pedagógicas.

Foi membro do Conselho Nacional de Educação até Janeiro de 2014, tendo sido coautora da Recomendação nº 6/2011 de Educação para a Literacia Mediática, CNE, publicada em Diário da República a 30 Dezembro 2011. Das múltiplas atividades que desempenhou no domínio educacional, destaca-se a fundação da Escola Superior de Educação de Setúbal e a direção, durante cinco anos, do Instituto de Inovação Educacional.
No campo dos media e da educação para a literacia mediática, publicou durante dez anos uma Página de Educação no Diário de Notícias e fez um programa na RTP intitulado “Falar Educação”.
Foi responsável pedagógica pela versão portuguesa da série “Rua Sésamo” e diretora da sua revista, especialmente dedicada a crianças dos 3 aos 5 anos.
De destacar ainda a autoria do livro “Aprender com a Televisão – O Segredo da Rua Sésamo” (1991).
Mantém atualmente um site, um blog  e uma página no JL sobre temas de Educação.


Datas Importantes
Sem eventos agendados para o mês de Julho 2017